Conheça a história de alguns animais do Abrigo Balaio de Gato


  • 30/04/2020 - 13:46
  • Compartilhe:

Para tornar o seu dia um pouco mais leve, aqui vai algumas fotos de animais fofinhos que foram resgatados pelo Abrigo Balaio de Gato!

Veja os animais do Abrigo Balaio de Gato que estão disponíveis para adoção:

 

Oi, pessoal! Eu sou a Tiffany! Fui resgatada pelas tias com meus filhotinhos Dexter e DeeDee e hoje estamos todos aqui no Abrigo. Mas não se engane! Apesar de já ser uma mãezinha, eu adoro ser mimada e tratada com muito carinho, como se fosse um neném.

O que mais chama atenção em mim são meus olhos turquesa, que as tias falaram que se parecem com a cor da marca Tiffany. Sou chique demais, né?! Me leva pra sua casa pra eu poder colorir os seus dias! Já estou testada, castrada e louca para ser adotada!

 

Ei pessoal! Eu sou a Sarabi, mãe do Simba, Nala e Zazu que estiveram aqui para adoção. Eu fui jogada grávida na casa de uma moça que tem muitos cães bravos resgatados. Antes que eles avançassem em mim, essa tia me salvou e me trouxe para o Abrigo. Aqui eu tive meus bebês em segurança.

Hoje já estou castrada, sou negativa para fiv/felv e estou prontinha para ter um lar também! Sou muito carinhosa, muito tranquila e as tias falam que sou uma gostosa! Quem quer vir levar essa leoa linda para casa? Estou pronta para te dar muito amor!

 

Olá, mundo! Eu sou o Mucilon, um gatinho lindo demais! Fui resgatado pelas tias e acabei vindo aqui para o Balaio junto com meu irmão Mucilinho. Ganhamos esses nomes porque as tias que nos pegaram usaram Mucilon no nosso resgate. No caminho para o abrigo, o creme virou em cima da gente (porque elas não conseguiram abrir pra tirar sem a gente fugir) e chegamos lambuzados e assustados! Mas o que importa é que estamos a salvo agora, sabe?

Agora eu tô super bem, sou muito manso, gosto de carinho às vezes… Sou um gatinho tímido, sabe? E tenho um pouco de medo de ser carregado no colo. Então se você estiver pronto para um gatinho um pouco mais independente e lindo demais, eu sou o seu gato! Estou prontinho pra minha nova família! Já estou castrado, sou negativo para fiv/felv e estou vermifugado. Quem aí quer me levar pra casa e me transformar no gatinho mais feliz do mundo?

 

Oie, gente! Meu nome é Vitória, e sou irmã de uma ninhada de quatro filhotinhos da nossa mamãe (o nome dela é Maria do Bairro. Sim, aquela mesma da novela). Nossa mãe foi resgatada naquela chuvas horrorosas que teve em BH! E você acredita que a gente nasceu no carro no caminho para o Abrigo?

Sou bem pra frente, muito carismática e comunicativa. Quando você chegar em casa pode ter certeza que você terá um relatório completo do que aconteceu no dia! Amo muito brincar e correr, então preciso de espaço para poder me divertir. E você pode ter certeza que serei uma ótima companhia para todos os momentos!

Oi gente! Eu sou a Penélope. Eu sou uma sobrevivente da FAFICH (eu cursava História lá) e fui resgatada na UFMG. As tias viram que eu sou muito mansa e ficaram com muito medo que alguém fizesse maldade comigo. Aí elas pegaram a mim e minha filha, a Paty, e me trouxeram aqui para o Abrigo. Hoje a Paty já conseguiu um lar com muito amor e eu estou aqui esperando a minha chance.

Eu sou uma mãezinha, mas já sou castrada, e nasci aproximadamente em abril de 2016. Então… já estou prontinha para meu novo lar! Eu ainda sou um pouquinho assustada, mas adoro um carinho! Rapidinho vou pegar confiança novamente e me soltar, só preciso de um lar e muito amor! Me leva para casa, vai?


Veja os animais do Abrigo Balaio de Gato que estão disponíveis para apadrinhamento:

 

Olá, gente! Eu sou a Odete, tenho essa carinha boa, mas, a vida nem sempre foi fácil pra mim! Eu morava em uma obra no Granja Verde, onde eu tinha amigos e, como eu estava grávida, resolvi ficar por ali mesmo para ter os meus bebês. Mas antes disso, todos me abandonaram e me deixaram sozinha! 😞 Um deles me explicou que a obra acabou e por isso todos foram embora… Eu estava com medo, porque eu sei que nem todo humano é bonzinho assim como você, e uns meninos furaram meu olhinho!

Podem acreditar numa maldade dessas? Ainda bem que a tia Vivi logo ficou sabendo e foi me buscar! Desde então, ela tem cuidado muito bem mim: eu tenho leishmaniose e tive cinomose. Ela cuidou de mim e hoje já estou bem! Mas preciso tomar um remedinho todo dia para a leishmaniose continuar sob controle e também sou mais sensível, como sequela da cinomose. Ainda não tive a sorte de encontrar um lar e sei que será muito difícil por causa de tudo que passei. Também sei que não é fácil para a tia cuidar de mim: preciso de comida, remedinhos e isso tudo custa muito caro! Será que enquanto eu não encontro um lar você pode me apadrinhar?

 

Oi, pessoal! Meu nome é Alvo em homenagem ao Alvo Dumbledore, pois sou um idosinho muito sábio. Cheguei ao Abrigo com alguns amigos, fomos todos abandonados, acho que por estarmos doentes, somos todos positivos para leishmaniose. Mas a tia Viviane não deixou isso ser um empecilho, cuidou extremamente bem de nós e hoje todos nós fazemos tratamento diário para a leish.

Por causa da nossa condição, a nossa adoção muitas vezes é difícil, isso pra não dizer impossível, então estou aqui humildemente pedindo um padrinho. Dessa forma meu tratamento pode ser pago com mais facilidade e eu posso viver muitos anos aqui no conforto do Abrigo. Ah, minha boquinha é tortinha assim pq quebraram minha mandíbula, mas isso não me atrapalha em nada, sou um idosinho muito feliz.

 

Ei pessoal! Eu sou o Benjamin! Às vezes as tias me chamam de Beijinho, porque segundo elas eu tenho cara de beijo. Eu cheguei aqui com minha mamãe, mas ela tinha dono. Eu ficava no telhado e já tinha me machucado uma vez. Eu peguei clamídia e como não fui tratado, fiquei ceguinho. Mas não se enganem, sou super ativo! As tias falam que sou mais bagunceiro que os outros gatinhos juntos, mas não acreditem nelas. Sou um anjo!

O negócio é que gosto de escalar. Então escalo a mesa, escalo os nichos da gente dormir e fico no mais alto de todos! As tias riem até e falam que acham que não sou cego nada, que só engano elas. Fazer o que né? Nós gatos somos incríveis! Me apaixonei tanto pela protetora do Abrigo, a Vivi, que deixei de ser morador temporário e virei o mascote do Abrigo, vou nos amassa gato e recebo todos os visitantes com um chamego! Mas ainda assim dou gastos, e por isso as tias estão procurando padrinhos para mim, para ajudar nos meus gastos.

Depois que fui castrado fiquei bem dorminhoco, mas eu continuo adoraaaaaaaando carinho e amando colo! Sou meio que um grude mesmo, admito. Então, você pode sempre me visitar e ganhar um chamego meu (e dos meus outros irmãos). Sei que não é a mesma coisa que adotar, mas se você me apadrinhar, já ajuda de montão o Abrigo ❣

 

Ei, pessoal. Eu sou o Tortinho. Já sou um gato mais velho, vivi muito dessa vida e estou curtindo um merecido descanso aqui na casa das senhoras do Abrigo. Mas tenho um porém. Nem sempre estou bem como hoje, por isso aproveitei para escrever minha história de uma vez. Eu tenho um problema neurológico. Por isso as senhoras daqui me chamam de Tortinho.

Eu ando meio de lado, sabe? Não consigo controlar muito bem minhas pernas. Às vezes eu também sinto uma coceira incontrolável na cabeça, que as senhoras dizem não estar lá de verdade, mas o caso é que eu ACHO que está. E me coço desesperadamente. Até machucar. Elas ficam muito preocupadas quando isso acontece, pois sabem que não consigo me controlar. Então precisam usar remédios em mim para tentar melhorar minha condição.

Caso alguns de vocês puderem se tornar meus padrinhos ou madrinhas, iria nos ajudar muito. Se algum humano muito compreensivo e de muito bom coração quiser me adotar, seria maravilhoso também. Eu adoro um cafuné atrás da orelha, sabe? Fico seguindo as senhoras quando vem aqui cuidar da gente, só pra ganhar mais carinho, mas eu sei que elas não podem ficar por minha conta. Alguém disposto a ajudar um belo e simpático senhor?