10 parcerias inusitadas da música que talvez você não conheça


  • 01/07/2020 - 15:05
  • Compartilhe:

Nada como um grande encontro de estrelas da música para render boas músicas e para unir diferentes estilos musicais. Para celebrar as diferentes uniões do mundo da música, selecionamos dez parcerias musicais que talvez nem todos conheçam, seja na música brasileira ou na música internacional. Separamos algumas mais recentes, que possam ter passado despercebidas em meio a tantos lançamentos e novidades do mundo da música, e algumas mais antigas e que tiveram sucesso em sua época, mas que novas gerações talvez ainda não tenham tido contato com elas. Navegue pela lista abaixo e conheça (ou relembre) algumas parcerias inusitadas da música:

Freddie Mercury e Michael Jackson, “There Must Be More to Life Than This”

As parcerias do rei do pop com astros do rock, como Eddie Van Halen, Paul McCartney e Slash, são conhecidas, mas nem todos conhecem as gravações de Michael Jackson com o eterno vocalista do Queen. Os duetos surgiram da amizade entre os donos de duas das maiores vozes da música, no início dos anos 80, época em que estavam mais próximos. Eles se reuniram durante uma tarde na mansão que Michael morava com sua família nos Estados Unidos para gravar as faixas, mas infelizmente as canções não chegaram a ser finalizadas, devido às suas agendas conflitantes. Recentemente, viemos a saber quais eram essas músicas: “State of Shock”, “There Must Be More to Life Than This” e “Victory”. A primeira acabou sendo finalizada por Michael com os vocais dos seus irmãos e de Mick Jagger e lançada no décimo quinto álbum do The Jacksons (nome que o Jackson 5 assumiu após deixar a gravadora Motown), “Victory”, de 1984. “There Must Be More to Life Than This” foi lançada depois por Freddie sem os vocais principais de Michael, em seu primeiro disco solo, “Mr. Bad Guy”, de 1985. A faixa “Victory” permanece inédita. Nos últimos anos, fomos apresentados à versão de “There Must Be More to Life Than This” que Michael e Freddie gravaram juntos:

Pixie Lott e GD&TOP, “Dancing On My Own”

Em 2012, quando as parcerias entre ídolos do k-pop e da música ocidental ainda não eram tão frequentes, a cantora britânica Pixie Lott convidou os astros do k-pop, G-Dragon e TOP, do Big Bang, para participar da canção “Dancing On My Own”. A música, que integra o segundo álbum da cantora, foi gravada originalmente com o norte-americano Marty James e foi regravada com a dupla GD&TOP para o lançamento da versão asiática do disco de Pixie.

Namie Amuro e After School, “Make It Happen”

Em 2011, a diva da música pop japonesa Namie Amuro dividiu os vocais com as coreanas do After School na faixa “Make It Happen”. A canção faz parte do disco “Checkmate”, que conta com outras parcerias de Amuro com diferentes artistas. “Make It Happen’ foi um dos singles do disco e ganhou um videoclipe estrelado pelas cantoras, que infelizmente não está disponível na íntegra no YouTube, devido às políticas de divulgação e distribuição fonográfica das gravadoras japonesas.

David Bowie e Gary Oldman, “You’ve Been Around”

O astro da música David Bowie e o astro dos cinemas Gary Oldman cantaram juntos na música “You’ve Been Around”, lançada em 1995, no disco “The Sacred Squall of Now”, do guitarrista Reeves Gabrels, que trabalhou com Bowie na banda Tin Machine. A parceria entre o camaleão do rock e ator britânico (famoso, dentre outros personagens, por interpretar Sirius Black nos filmes da saga “Harry Potter”) é fruto da amizade de décadas dos astros, que já trabalharam juntos também na cinebiografia do artista Jean-Michel Basquiat, em que Bowie interpreta Andy Warhol e Oldman dá vida ao artista fictício Albert Milo. Gary Oldman também apareceu também no videoclipe de “The Next Day”, de Bowie, em que diz ter recebido “um sanduíche e uma garrafa de refrigerante” como pagamento. Após a morte de David Bowie, em 2016, Gary foi um dos astros que prestou homenagens ao amigo.

Ricky Martin e Wendy (Red Velvet), “Vente Pa’ Ca”

A talentosa cantora do Red Velvet, Wendy, dividiu os vocais com um dos maiores nomes da música latina na faixa “Vente Pa’ Ca”, de 2016. A cantora aparece na versão em inglês da música que foi lançada originalmente em espanhol como uma parceria de Ricky Martin com o cantor Maluma. Além da versão original com Maluma e da parceria com Wendy, o porto-riquenho também chegou a lançar a música com a australiana Delta Goodrem e com a taiwanesa A-Lin.

Sting, Rod Stewart e Bryan Adams, “All For Love”

O encontro de três vozes de sucesso do rock e da música romântica aconteceu para a trilha sonora do filme “Os Três Mosqueteiros”, de 1993, lançado pela Walt Disney Pictures. O canadense Bryan Adams e os britânicos Sting e Rod Stewart uniram forças como “os três mosqueteiros” da música para cantar a trilha sonora, que foi inspirada no famoso lema dos mosqueteiros: “um por todos, e todos por um”. Os três também aparecem juntos no videoclipe da canção.

Years & Years e Key (SHINee), “If You’re Over Me (Remix)”

Os britânicos do Years & Years convidaram o sul-coreano Key, do SHINee, para participar de um remix de uma de suas canções, “If You’re Over Me”. A canção original integra o disco “Palo Santo”, do trio, lançado em 2018, e o remix foi lançado em formato digital. Na canção, Key canta em inglês e coreano e divide os vocais com o vocalista Olly Alexander, que na época do lançamento da música comentou que o coreano soou “incrível” na canção.

Angra, Alissa White-Gluz e Sandy, “Black Widow’s Web”

Um dos maiores nomes da música pop brasileira, uma das bandas brasileiras mais conhecidas do mundo e a vocalista de uma banda sueca de death metal conhecida por seu vocal gutural é a mistura eclética que compõe a faixa “Black Widow’s Web”, lançada pela banda Angra, em parceria com a cantora Sandy e a canadense Alissa White-Gluz. A bela voz angelical de Sandy surpreendeu os fãs de power metal mais ortodoxos na faixa que foi um dos singles de “Ømni”, nono álbum do Angra, de 2018. A parceria rendeu também uma participação de Sandy na gravação do DVD da banda, em que além de cantar “Black Widow’s Web”, Sandy mostrou seu alcance vocal ao cantar “Heroes of Sand”, canção lançada pela banda em 2011 e carinhosamente apelidada de “Heroes of Sandy” pelos fãs do Angra.

Jo Kwon e J-hope (BTS), “Animal”

O cantor sul-coreano Jo Kwon, que começou sua carreira no grupo 2AM, lançou em 2012 seu primeiro álbum solo, “I’m Da One”. Na faixa “Animal” do disco, Jo Kwon contou com a participação de J-Hope, que hoje integra o grupo BTS. Quando a parceria foi lançada, ainda faltava um ano para que o BTS fosse oficialmente apresentado ao público e J-Hope foi creditado com seu nome real, Jung Hoseok. Os dois chegaram a apresentar juntos a canção em programas da TV coreana e as apresentações de “Animal” chamaram a atenção do público, pois Jo Kwon executava uma elaborada coreografia com um salto de quase 20cm.

Angélica e Latino, “Sonhos”

Quem viveu a infância no final dos anos 80 e durante os anos 90 sabe que a apresentadora Angélica, além de fazer sucesso como apresentadora, também se dedicava a uma carreira musical, com vários hits além de “Vou de Táxi”. Em 1995, em seu oitavo disco, Angélica lançou uma parceria com o cantor Latino, que na época era uma das grandes revelações da música com seu álbum de estreia e sucessos como “Me Leva” e “Não Adianta Chorar”. A faixa “Sonhos” tem influência do estilo funk melody, ritmo que dominou as paradas musicais nos anos 90 e os primeiros sucessos de Latino.