15 fatos curiosos sobre ídolos do k-pop que você talvez não sabia


  • 24/07/2020 - 17:38
  • Compartilhe:

Quando acompanhamos um cantor, um grupo ou um gênero musical nem sempre sabemos de todas as histórias que estão por trás desses artistas ou de suas carreiras. Sempre tem algum fato curioso que nem todos sabem, algo que passou despercebido ou um detalhe que vale a pena ser relembrado. Para isso, selecionamos 15 fatos curiosos que envolvem diferentes grupos e artistas do k-pop. São curiosidades sobre antes da carreira, fatos sobre a vida pessoal dos artistas, entre outras. Navegue pela lista e descubra algo novo sobre os ídolos do k-pop:

Rain em um boygroup nos anos 90

Rain, um dos maiores solistas da história do k-pop, estreou em um boygroup. Ele começou sua carreira aos 16 anos, em 1998, no grupo Fan Club. Na época, ele ainda não era conhecido pelo nome artístico Rain (ou Bi, em coreano) e usava seu nome real, Jung Jihoon. A estreia do grupo foi com uma versão de “Tubthumping”, hit dos anos 90 da banda inglesa Chumbawamba. O grupo lançou dois álbuns mas não durou muito. Com o fim do grupo, Rain começou sua carreira solo, uma das mais bem sucedidas do k-pop.

Corredor profissional de motociclismo

Além de cantar e atuar, Yibo, do UNIQ, também é piloto profissional de motos em corridas esportivas. Ele representa a Yamaha e já participou (e venceu) competições internacionais de corrida de motociclismo. Mas esse não é o único esporte que ele se dedica e também encontra tempo para praticar como skatista e já se arriscou também no surf.

Compositora popstar

A cantora norte-americana Bebe Rexha foi uma das compositoras de “Lucifer”, hit do SHINee de 2010. Ela tinha 18 anos e disse que escreveu a música quando estava em seu quarto. Rexha escreveu a música em inglês e a versão final, gravada pelo SHINee, foi finalizada pelo famoso produtor Yoo Youngjin, autor de vários hits do k-pop. Outra popstar que escreveu para um grupo de k-pop foi a britânica Charli XCX, que participou da composição de “Girls Like Us”, do TWICE.

Idol cinquentão

Park Joonhyung, do g.o.d, grupo de sucesso da primeira geração do k-pop, completou 50 anos no ano passado. Ele começou sua carreira no g.o.d em 1999, com trinta anos e era o líder do grupo. Ele é dois anos mais velho que o fundador da JYP Entertainment, Park Jinyoung, que lançou a banda.

Wooyoung no Wonder Girls

O cantor Wooyoung, do 2PM, fez teste para entrar no girlgroup Wonder Girls. Ele contou que sonhava com a carreira de artista, mas não tinha condições financeiras para arcar com o depósito de garantia solicitado pelas gravadoras menores para os jovens trainees. Ele então decidiu tentar a sorte em uma grande empresa e escolheu a JYP Entertainment. Ele tentou todo tipo de teste para entrar na empresa, inclusive a seleção para nova integrante do Wonder Girls. Ele não passou nesse teste, mas foi selecionado em outro e acabou conseguindo entrar na JYP Entertainment e fez sua estreia no 2PM.

Integrantes rotativos

Quando o Super Junior fez sua estreia, em 2005, a ideia é que eles tivessem integrantes rotativos, inspirado no grupo japonês Morning Musume. A formação original do Super Junior, com 12 integrantes, seria a primeira desse plano e por isso, no primeiro disco do SuJu, o nome do grupo aparece como Super Junior 05 – pois seria a versão “2005” do Super Junior. Depois do primeiro disco, a SM Entertainment começou a preparar quais integrantes sairiam e quais ficariam e chegou a adicionar um novo integrante, Kyuhyun, mas com o sucesso do grupo essa ideia de retirar integrantes e adicionar novos foi deixada de lado. Hoje, o Super Junior é um dos grupos mais duradouros do k-pop, com 15 anos de carreira, e ainda com boa parte dos integrantes originais em sua formação.

Filmes de grupos de k-pop

Alguns grupos de k-pop já atuaram em seus próprios filmes. O primeiro foi o H.O.T, grupo precursor do k-pop como conhecemos hoje. O filme “Age of Peace” foi lançado em 2000 e contou com a participação da cantora Dana, que depois estreou no grupo CSJH The Grace. Foi o primeiro filme 3D coreano e sua produção custou cerca de 6 milhões de dólares. O filme tinha um estilo futurista (no maior estilo “A Princesa Xuxa e os Trapalhões”, que combinava com o estilo do H.O.T na época. Outros grupos já tiveram seus próprios filmes, comoi o Super Junior, com o divertido “Attack on the Pin-Up Boys”, de 2007; e as meninas do Wonder Girls, que estrelaram o “The Wonder Girls”, de 2012, lançado nos Estados Unidos pela Nickelodeon.

Formações diferentes

Antes da estreia do TVXQ e do Super Junior, a SM Entertainment tinha planos diferentes para os seus integrantes. Heechul, Kangin, Yunho e Jaejoong deveriam formar um quarteto, que já tinha até nome: 4season. Enquanto Sungmin, Eunhyuk e Junsu formariam um trio. A gravadora também testou outras formações antes de definir o elenco final do TVXQ, e tem até fotos que mostram Siwon como um dos possíveis integrantes do TVXQ.

Irmãos gêmeos

Alguns ídolos do k-pop têm irmãos gêmeos, alguns estão até no mesmo grupo. São alguns deles: Dongmyeong (Onewe) e Xion (Oneus), Been e Jin (MVP), Hwayoung (ex-TARA) e Hyoyoung (ex-Coed School ex-F-ve Dolls), Choa e Way (Crayon Pop), Youngmin e Kwangmin (Boyfriend). Outros artistas que têm irmãos gêmeos, mas que não fazem parte de outros grupos, são Junsu (JYJ), Yongguk (ex-B.A.P), Haechan (NCT), Gyeongwon (Hinapia) e Luna (f(x)).

Amigas de infância

A amizade entre Hwasa e Wheein, do Mamamoo, vem muito antes do grupo. As duas se conhecem há mais de dez anos. Elas estudaram juntas e participaram de festivais de música e viajaram para Seul para fazer testes para entrar em gravadoras também juntas. Felizmente, elas conseguiram realizar o sonho de cantarem uma ao lado da outra. Elas também fizeram duas lindas tatuagens iguais para celebrar a amizade: uma com a palavra em inglês para “ressonância”, para simbolizar o caminho que elas traçam juntas na música; e a outra que significa “amizade”.

Gwiyomi

Quem acompanha os programas de entretenimento coreano certamente conhecem a música engraçadinha “Gwiyomi Song”. O que nem todos sabem é que a música surgiu inspirada em um meme do cantor Ilhoon, do BtoB. O rapper fez uma sequência de movimentos “fofos” em um reality show, em 2012, que acabaram inspirando a música que se tornou um viral na Coreia.

Nome de batismo

Alguns artistas de k-pop de religião cristã receberam nomes ocidentais para serem batizados. Alguns deles são:
Taemin (SHINee): Francisco
Chen (EXO): Matteo
BoA: Chiara
Yesung (Super Junior): Antonio
Yuju (Gfriend): Angela
Hwasa (Mamamoo): Maria
Wheein (Mamamoo): Gabriella
Naeun (Apink): Marcella
Chaeyoung (TWICE): Katarina

Grupo infantil

Um dos maiores astros do k-pop, G-Dragon começou sua carreira artística bem novinho, atuando e cantando na TV. No início dos anos 90, por volta dos seis anos de idade, ele começou sua carreira musical em um grupo infantil. O Little Roo’ra era uma versão do Roo’ra, grupo misto que foi um dos mais bem sucedidos no k-pop na época. Depois de sair do grupo, GD passou um tempo como trainee na SM Entertainment, até finalmente integrar o elenco da YG Entertainment.

Quase primas

Somin, do KARD, e Jeongyeon, do TWICE, possuem um parentesco. Jeongyeon é sobrinha da esposa do irmão mais novo do pai de Somin. As cantoras não são primas de sangue, mas possuem tios em comum. A relação entre elas pode parecer distante e confusa, mas Somin contou que por terem a mesma idade elas se tornaram próximas.

Convite inusitado

Que os ídolos do k-pop são selecionados para os seus grupos por meio de testes para participar de um árduo treinamento não é novidade. Alguns desses jovens aspirantes a cantores decidem participar desses testes enquanto outros são selecionados por olheiros dessas empresas. Por buscarem possíveis talentos, e alguns desses olheiros já encontraram futuros ídolos em locais inusitados.

Sehun, do EXO, foi convidado para a SM Entertainment enquanto estava comendo em uma barraquinha de rua. Como era muito novo e foi orientado a não falar com estranhos, sua primeira reação foi fugir da abordagem que parecia suspeita. Já seu colega Baekhyun, foi chamado para a empresa quando estava fazendo vestibular.
Jaemin, do NCT, estava fazendo trabalho voluntário recolhendo lixo na rua quando foi abordado por um olheiro da gravadora. Enquanto Seohyun, do Girls’ Generation, foi convidada para a empresa em uma estação de metrô. Minho, do SHINee, estava passando as férias em um resort de ski. Mas as histórias curiosas não são exclusividade da SM Entertainment. Ryujin, do ITZY, foi abordada pela JYP Entertainment quando participava de uma fanmeeting do GOT7.

Bônus: atriz da Globo em clipe de k-pop

A atriz Agatha Moreira, famosa por papéis em novelas da Rede Globo como “A Dona do Pedaço”, “Verdades Secretas” e “Novo Mundo”, já participou de um clipe de k-pop. Ela aparece no vídeo da música “Shut Up”, do grupo U-kiss, lançado em 2010. Ela contou que participou do clipe na época em que tinha 18 anos e morava na Coreia. Agatha disse que não conhecia o grupo, mas que os integrantes foram muito gentis com ela. Recentemente, ela lembrou a participação no vídeo no programa “Altas Horas.