fbpx

Após polêmica, YG Entertainment decide retirar cena de Jennie como enfermeira de novo clipe do BLACKPINK


  • 07/10/2020 - 13:13
  • Compartilhe:

O novo clipe do grupo BLACKPINK, da música “Lovesick Girls”, está no centro de uma polêmica. Uma cena do vídeo, em que a integrante Jennie aparece vestida de enfermeira, foi criticada por profissionais da saúde na Coreia por reforçar estereótipos sexualizados de mulheres do ramo da enfermagem.

As críticas foram feitas por meio de um comunicado da União de Profissionais Médicos e da Saúde da Coreia, que afirmou que estereótipos sexualizados ajudam a criar “representações depreciativas” sobre as profissionais da saúde, que colocam em dúvida o profissionalismo de mulheres que são “frequentemente vítimas de assédio e comentários depreciativos em seu ambiente de trabalho”.

Em resposta, a YG Entertainment explicou a relação da letra de “Lovesick Girls” com a imagem representada no vídeo pela figura de Jennie. A empresa pediu que o videoclipe fosse visto apenas como uma expressão da música, que trabalha com a ideia de estar “doente de amor”, e informou que iria analisar a possibilidade de retirar a cena do vídeo.

Nesta quarta-feira (7), a gravadora informou que decidiu editar o vídeo e retirar as cenas em que Jennie aparece vestida de enfermeira. Segundo a gravadora, o vídeo será editado e substituído “o mais breve possível”.

“Nós passamos um bom tempo preparando esse videoclipe e não esperávamos que uma polêmica dessas acontecesse, não houve nenhuma intenção de ofender ninguém. Mas compreendemos a gravidade da situação e pedimos desculpas a todas as enfermeiras que se sentiram desconfortáveis”, disse a YG Entertainment.

A empresa finalizou o anúncio declarando “total respeito aos profissionais da saúde”. Até o fechamento desta matéria, o vídeo de “Lovesick Girls” no YouTube permanecia disponível na plataforma e sem alterações. O clipe, que foi lançado no último dia 1º, alcançou desde então mais de 120 milhões de visualizações e rendeu ao BLACKPINK um novo recorde de acessos.