Curte rock coreano? Então você precisa conhecer o The Moon (Cho Moon Geun Band)


  • 08/11/2021 - 16:47
  • Compartilhe:

The Moon promete trazer diversidade para a cena do rock coreano

Já ouviu falar do The Moon? A banda começou suas atividades em 2013, mas ainda é pouco conhecida do público brasileiro. Para apresentar mais esse nome da música coreana para o público daqui, batemos um papo com os três integrantes do The Moon sobre carreira, música e influências.

A trajetória do The Moon teve início em 2009, quando Jo Moon Geun, vocalista da banda, ficou em segundo lugar da primeira temporada do “Superstar K”, programa de competição musical que teve o então iniciante Seo In Guk como grande vencedor. Após o fim da competição, o The Moon foi formado quando o cantor conheceu o guitarrista Lee Hong Hyun e o baixista Jae Ha. 

“Nos encontrávamos tocando na rua e fomos apresentados por amigos. Não nos conhecemos pela música exatamente, mas naturalmente nos tornamos um grupo tocando juntos, já que somos todos amantes da música”, explica Moon Geun. A figura do frontman é um dos destaques da banda que leva seu sobrenome, que é conhecida também na Coreia como “Cho Moon Geun Band”.

Desde então, o The Moon já lançou 10 trabalhos de estúdio e tem seguido suas atividades na cena da música alternativa da Coreia. “O motivo pelo qual temos conseguido manter a banda junta até hoje é, em primeiro lugar, porque nos divertimos. Em segundo lugar, porque nós nos preocupamos uns com os outros. Depois de brigarmos um pouco no começo, tentamos ser mais cuidadosos uns com os outros”, diz Hong Hyu.

Outro motivo que mantêm o The Moon como um grupo unido é a paixão de seus integrantes pela música. Todos eles têm em comum o fato de trazerem desde a infância o amor por essa arte. “Sou o mais novo de três irmãos. E pelas minhas lembranças de criança, as músicas da moda sempre estiveram presentes na minha casa, então eu pude me conectar com a música facilmente. A partir daí, eu comecei a fazer música tocando em clubes quando estava no colégio. Desde então, trabalho com música”, diz Moon Geun

“Eu gosto de música desde criança, então eu sempre quis trabalhar com algo relacionado à música. Enquanto eu estava no colégio e pensava sobre meu futuro, eu aprendi a tocar guitarra, então estou tocando até hoje”, conta Hong Hyu. “Eu me lembro da primeira vez que participei de um festival de rock como músico. Estava muito calor mas me lembro de comer muito e de beber cerveja para comemorar”, completa o guitarrista. Já o baixista Jae Ha diz que o interesse pela música foi herdado de sua mãe. “Graças à influência da minha mãe, eu aprendi música naturalmente e comecei a tocar vários instrumentos”, lembra.

Apesar de se manterem na cena alternativa, o The Moon ganhou destaque do grande público coreano no ano passado, quando Moon Geun participou mais uma vez de um programa de competição musical, dessa vez o “Voice Trot”, ficando em terceiro lugar na competição. Sobre sua trajetória em programas de competição entre músicos, o vocalista conta que não existe fórmula para conquistar o público. “Não existe nenhuma habilidade específica para isso. Eu me preparo pensando no impacto de cada música e, felizmente, muitas pessoas gostaram”. Apesar do sucesso na competição, a banda, como tantas outras, sofreu com os impactos da pandemia do covid-19 desde o ano passado. “Devido ao período prolongado da covid-19, não tivemos muitas oportunidades de nos apresentar, mas estamos nos esforçando para nos preparar para o dia em que poderemos encontrar com nossos fãs e nos divertirmos juntos. Eu espero poder alegrar todos que estejam passando por momentos difíceis”, lembra Jae Ha.

Mesmo diante das dificuldades da pandemia, o The Moon segue suas atividades produzindo músicas para diferentes interfaces. Não existe limite para nossa música porque fazemos várias atividades musicais em diferentes ramos, como publicidade, filme, na indústria fonográfica, entre outros”, conta o frontman da banda, que acredita que a diversidade musical seja o diferencial do trio. “Nós podemos dizer com orgulho que a diversidade é nossa força e que nós colocamos nossa própria sonoridade nessa diversidade”. Jae Ha concorda com o colega: “É difícil definir nossa música em uma só palavra, mas se eu tivesse que fazer isso, eu diria ‘diversidade’. Ao invés de apostar em apenas um gênero, tentamos mesclar vários estilos musicais diferentes em cada álbum”.

Para quem quer conhecer mais sobre essa diversidade, eles dão suas recomendações sobre suas músicas favoritas do repertório do The Moon. Moon Geun e Jae Ha concordam e indicam “Unpaved Road”. “Existem caminhos na vida, com diferentes estradas a seguir, e embora nossas estradas não sejam pavimentadas, colocamos nossa auto-estima na música de que podemos superar quaisquer obstáculos”, explica o vocalista sobre a canção. Não apenas o clima da música é bom, mas a letra me conforta muito e me faz acreditar em mim mesmo e superar as dificuldades”, completa o baixista.

“Eu adoro todas as nossas músicas mas eu ouço muito ‘Hue Romance’. É uma música que faz parte do álbum ‘This is Paradise’ e eu acho que ela é bem fofa, com uma letra bonita”, sugere Hong Hyu.

Perguntamos aos músicos se, entre suas influências musicais, eles chegaram a ter contato com algo sobre a música brasileira. Entre as respostas, Moon Geun citou uma de nossas lendas vivas da música: “Tem um cantor brasileiro lendário, chamado Gilberto Gil. Eu conheço uma de suas músicas, ‘Palco’. E por mais que eu não consiga entender a letra, a música me traz a imagem do Rio de Janeiro. É um sentimento bom que sinto quando ouço essa música”. Já Hong Hyu contou que chegou a estudar sobre a Bossa Nova e se tornou fã do trabalho de Tom Jobim: “Eu costumava ouvir muito as músicas dele quando eu estava estudando sobre a Bossa Nova”. As referências de lendas da música brasileira podem, inclusive, servir de inspiração para futuros trabalhos do trio. “Eu gostaria de fazer algo como a música brasileira, que seja animado e empolgante”, conta Jae Ha. “Bom, eu já apostei em vários estilos diferentes, mas eu gostaria de fazer uma música no estilo Bossa Nova, inspirada em Tom Jobim! Eu ouvia as músicas de Carlos Jobim quando eu estava na escola, mas agora voltei a pensar nisso!”, completa o guitarrista.

“Eu faço a música que eu quero fazer, então minha vontade sempre muda. Você pode conhecer mais sobre o estilo que quero tocar agora ouvindo nossa nova música, que será lançada em breve”, adianta o líder da banda. Para quem tiver interesse em saber mais sobre a banda, ele explica e faz um pedido: “O The Moon é uma banda que quer falar sobre nossas vidas de acordo com nosso próprio estilo musical. Quanto mais você nos conhecer, mais você vai se apaixonar. Por favor, ouçam nossas músicas!”.

“Foi muito bom conhecer vocês que puderam conhecer um pouco de nossa banda por meio da Highway Star. Nós já lançamos várias músicas e planejamos continuar a fazer músicas incríveis no futuro. Eu espero que vocês se cuidem e continuem a prestar atenção no The Moon até o dia que possamos ir para o Brasil”, se despede Hong Hyu. Jae Ha finaliza o bate-papo: “Iremos trazer novas e boas músicas sobre nossas vidas cotidianas. Por favor demonstrem muito interesse e amor pelo The Moon. Obrigado!”

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático