Drama “Joseon Exorcist” é cancelado após críticas


  • 26/03/2021 - 15:01
  • Compartilhe:

“Joseon Exorcist” foi criticado por “distorcer a história da Coreia”

A emissora SBS anunciou nesta sexta-feira (26) o cancelamento do drama “Joseon Exorcist”. A série tem sido criticada por sul-coreanos que acusam a trama de “distorcer a história da Coreia”.

“Joseon Exorcist” foi cancelado após a transmissão de apenas dois episódios. O primeiro foi ao ar no último dia 22 e recebeu críticas de telespectadores coreanos que acusaram a produção da série de usar adereços da cultura chinesa para representar um período histórico da Coreia.

Inicialmente, diante das críticas, a SBS divulgou um comunicado que explicava que os objetos e alimentos da cultura chinesa que aparecem em cena foram usados para representar uma região do país que era próxima da China e que provavelmente recebia muitas pessoas chinesas. A contextualização histórica sobre a relação entre os países não convenceu os coreanos e a SBS retirou o drama do ar por uma semana para revisar as questões que causaram polêmicas.

Nesta sexta-feira, a SBS anunciou que “reconheceu a gravidade da situação” e disse que “decidiu “encerrar o contrato de transmissão de ‘Joseon Exorcist’ e cancelar todas as transmissões do drama”.

A emissora informou que pagou “a maioria dos cachês dos direitos de transmissão do drama” e que 80% das cenas já estavam gravadas. O drama deveria ficar no ar até maio, com 16 episódios. A SBS não informou qual drama irá substituir “Joseon Exorcist”.

Pelas redes sociais, fãs de fora da Coreia lamentaram o cancelamento da série e levantaram hashtags pedindo que o drama fosse mantido no ar. “Joseon Exorcist” se passava na Coreia do século 14 e misturava elementos históricos com uma história de fantasia, com zumbis e espíritos do mal. Kam Woo Sung, Jang Dong Yoon e Park Sung Hoon estavam no elenco principal.

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático