Entrevista exclusiva: Kim Kang Min fala sobre “To My Star” e dramas BL: “não sabia como a Coreia reagiria”


  • 21/05/2021 - 19:04
  • Compartilhe:

Conversamos com o ator Kim Kang Min, o Ji Woo de “To My Star”

“Boys Love”, também conhecido pela sigla BL, é o termo usado para definir produções do entretenimento que abordam relacionamentos homoafetivos entre rapazes. Podem ser quadrinhos, animações, séries, filmes, livros… e as temáticas também são as mais diversas. As produções BL têm chamado a atenção do público por abordarem romances homoafetivos em histórias que fogem dos clichês e dos estereótipos. Já conhecida por seus quadrinhos BL (vide “Love Is An Illusion”, “On or Off” e “BJ Alex”), a Coreia recentemente se juntou ao time de países asiáticos, que já inclui nomes como Tailândia, China e Japão, na produção de dramas com temática Boys Love. “Where Your Eyes Linger”, “Color Rush”, “Mr. Heart”, “You Make Me Dance” e “Nobleman Ryu’s Wedding” são algumas dessas séries que conquistaram o público. 

Para saber mais sobre o mundo dos dramas BL da Coreia, conversamos com o ator Kim Kang Min, que interpreta o chefe de cozinha Han Ji Woo, um dos protagonistas do drama “To My Star”.

“To My Star” conta a história do astro Kang Seo Joon (interpretado por Son Woo Hyun), que está lidando com problemas em sua vida pública quando conhece e se apaixona pelo personagem de Kang Min. Com nove episódios, o drama recentemente ganhou uma versão em filme.

O Ji Woo é uma pessoa que não sabe se expressar ou como demonstrar seus sentimentos para as pessoas. Enquanto isso, ele conhece Seo Joon, que é o oposto dele. De início, ele não gostou de Seo Joon, mas curiosamente, ele acaba abrindo seu coração para ele, pouco a pouco, o que não era típico do Ji Woo, e isso acabou se tornando um relacionamento”, Kang Min explica sobre seu personagem e sobre o desenvolvimento do relacionamento de Ji Woo e Seo Jeon. Um dos pontos altos do drama é mostrar como o extrovertido Kang Seo Joon e o reservado Ji Woo conseguem se completar e conciliar personalidades tão diferentes.

A abordagem sobre o desenvolvimento da relação entre Ji Woo e Seo Jeon fez com que “To My Star” conquistasse o público. Kang Min nos conta que acredita que o crescente interesse da Coreia na produção de dramas BL se justifica por essas histórias abordarem assuntos diferentes, além das histórias de amor. “No caso de “To My Star”, não apenas a história de amor, mas a história dos personagens também me pareceu interessante desde a primeira vez que li o roteiro. Eu percebi que tem muitas partes que demonstram sensibilidade, não apenas nas emoções, mas também nas ações, e acho que os fãs percebem isso”, acredita Kim Kang Min. 

Apesar do interesse pelo roteiro, o ator nos conta que teve algumas preocupações antes das gravações começarem. “Quando comecei o projeto do drama, eu fiquei na dúvida se eu conseguiria desempenhar bem meu papel, mas eu queria fazer algo que eu nunca fiz antes”, confessa o ator. “As preocupações diminuíram durante as gravações, mas eu não fazia ideia de como o público coreano reagiria. A reação das pessoas é algo difícil de prever!”, diz Kang Min, que acredita que o crescimento dos dramas BL coreanos pode estar relacionado com uma maior aceitação da comunidade LGBTQIA+ no país.

Apesar do receio sobre a aceitação do público, Kang Min confessa que não teve nenhum grande problema nas gravações. “Eu acho que uma das principais razões pelas quais eu não tive nenhuma dificuldade nas gravações foi por causa do Woo Hyun”, o ator cita seu colega de elenco, que interpreta seu par romântico na história. “Obrigado por me deixar tão confortável e ser tão legal comigo!”, Kang Min manda um recado para Woo Hyun.

Kang Min nos conta que sonhava em ser ator desde a adolescência. “Quando eu era mais novo, eu sonhava em ser ator, mas não levava isso muito à sério. Mas quando eu estava no ensino médio, eu participei de uma peça de teatro na escola. Depois de sentir aquele sentimento desconhecido de empolgação e animação no palco, eu decidi me tornar ator”. Além de “To My Star”, ele trabalhou em dramas como “Half-Fifty”, “Growing Season”, “Tale of the Nine-Tailed” e “Hospital Playlist”.

Sobre seus personagens, o ator acredita que não possui muito em comum com cada um deles “Eu me pareço muito pouco com os personagens que eu interpretei até agora”, ele acredita. “Mas se for para dizer sobre algo que tenho parecido com Ji Woo, eu diria que é ser mais reservado mas também uma pessoa esforçada”.

Sobre os próximos trabalhos, Kang Min fez mistério, mas disse que “vai se esforçar para mostrar atuações ainda melhores em seus próximos trabalhos”. O ator também agradeceu o apoio que tem recebido pelo papel em “To My Star” e disse ter se surpreendido com a popularidade dos dramas coreanos no Brasil. “Muito obrigado por todo amor e interesse que vocês demonstram por “To My Star”. Além disso, muito obrigado por me apoiarem. Eu irei me esforçar em meus próximos trabalhos e eu agradeceria muito se vocês continuarem me acompanhando e me dando apoio. Obrigado mais uma vez. Se cuidem!”, fala o ator, especialmente para os fãs brasileiros de “To My Star”.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático