Hits da 2ª geração do k-pop que você provavelmente esqueceu


  • 25/10/2021 - 10:00
  • Compartilhe:

Relembre alguns dos sucessos da segunda geração do k-pop

Se existem algumas dúvidas sobre a classificação das gerações do k-pop, parece haver um consenso do que representa a segunda geração. A fase em meados dos anos 2000, que sucedeu a primeira fase do k-pop e abriu portas para a popularidade internacional da música pop da Coreia do Sul é frequentemente denominada como “segunda geração do k-pop”. Foi dela que saiu nomes como TVXQ, Super Junior, e tantos outros pavimentaram o caminho para o que o k-pop é hoje em dia.

Não é estranho que muitos dos fãs de k-pop de hoje em dia não conheçam muito bem essa fase do k-pop. Afinal, muitos sequer eram nascidos ou eram ainda muito jovens. Se você não teve o privilégio de acompanhar essa fase do k-pop, nós te ajudamos a conhecer um pouco de como era a música coreana da época. E se você é um pouco mais “clássico” e viveu essa fase, aproveite para relembrar alguns hits que ficaram esquecidos na história do k-pop.

Kangta & Vaness, “Scandal” (2006)

Encontro de lenda veterana do k-pop com uma lenda da música de Taiwan? Temos! O cantor Kangta, ex-integrante do H.O.T, e o cantor Vaness Wu, ex-F4, lançaram em 2006 o álbum em parceria “Scandal”.

Son Dambi, “Crazy” (2008)

Hoje Son Dambi tem trabalhado mais como atriz e em programas de TV, mas no final dos anos 2000 não tinha quem não conhecesse seu hit “Crazy”, que virou febre na coreia por causa da “dança da cadeira” que ela faz no videoclipe da música.

Typhoon, “So” (2006)

O Typhoon foi um grupo misto, que tinha como destaque a cantora Solbi. Era uma espécie de “Black Eyed Peas” coreano. O álbum “Troika” foi um dos sucessos de 2006, que lançou o hit “So”.

Koyote, “I Love Rock & Roll” (2006)

Um dos grupos mistos em atividade por mais tempo na Coreia, o Koyote começou sua carreira em 1998. O grupo também lançou diversos hits nos anos 2000, dentre eles a animada “I Love Rock & Roll”.

Jewerly, “One More Time” (2008)

Sabe aquela coreografia que vira febre e que todo mundo repete? Era a dança de “One More Time”. A música se tornou um dos maiores sucessos da época, dominando paradas musicais e programas de TV.

CSJH The Grace, “One More Time, Ok?”

O CSJH The Grace começou sua carreira em 2005 e era considerado como “a versão feminina do TVXQ”. Também conhecido como TSZX, o quarteto era formado pelas talentosas Lina, Dana, Sunday e Stephanie e “One More Time, Ok?” se tornou uma de suas músicas mais conhecidas.

Epik High, “Fan” (2006)

O Epik High continua na ativa como um dos grupos veteranos mais respeitados do hip-hop coreano, mas quem acompanhou o k-pop na época lembra do sucesso que foi o lançamento do álbum “Remapping the Human Soul”, que trouxe, dentre outros sucessos, o single “Fan”.

Jeon Hye Bin – 2AM (2005)

Conhecida também apenas como BIN, Jeon Hyebin hoje trabalha mais como atriz, mas começou sua carreira na música, no grupo LUV. Em 2005, ela fez sucesso com o álbum “In My Fantasy” e o single “2AM”.

Kim Jong Kook, “Sarang Surowo”

Kim Jong Kook nunca saiu dos holofotes do k-pop. Depois de fazer sucesso com o Turbo, nos anos 90, ele fez sucesso em programas de TV e em carreira solo nos anos 2000. Não tinha quem não conhecesse o hit “Sarang Surowo”. Ainda em destaque, este ano o cantor lançou uma parceria com o grupo ATEEZ.

TVXQ, “Tri-Angle” (feat. BoA & TRAX) (2004)

O TVXQ dispensa apresentações. No entanto, fãs mais recentes do k-pop podem não conhecer tão bem os trabalhos de destaque do início de carreira do grupo. Ainda como um quinteto, o TVXQ lançou seu álbum de estreia “Tri-Angle” em 2004, dividindo a faixa-título com a “rainha do k-pop” BoA e com a banda TRAX, misturando pop, rock e música clássica em uma música lendária do k-pop.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático