Internautas sul-coreanos criticam artistas chineses por postagem sobre Guerra da Coreia


  • 28/10/2020 - 17:27
  • Compartilhe:

Depois de internautas chineses criticarem o grupo BTS por mencionar as “vidas perdidas dos soldados sul-coreanos e norte-americanos” na Guerra da Coreia, foi a vez de internautas da Coreia do Sul questionarem celebridades da China. As informações são do portal 38jiejie.

O assunto voltou à tona quando, no último dia 23, celebridades chinesas compartilharem uma publicação do canal governamental chinês CCTV, no Weibo, maior rede social do país. A publicação relembra a participação dos soldados chineses na Guerra da Coreia, que completa 70 anos este ano. A publicação, que pede que os cidadãos chineses prestem homenagens aos soldados que lutaram ao lado da Coreia do Norte contra as tropas norte-americanas, foi compartilhada por diversas celebridades da China.

Em resposta, internautas sul-coreanos criaram uma petição, pedindo que artistas que fizeram ou fazem parte de grupos coreanos, não voltem a trabalhar no país. A petição, que cita nomes de Cheng Xiao, Xuanyi e Meiqi (Cosmic Girls), Lay Zhang (EXO), Victoria (f(x)) e Kyulkyung (ex-PRISTIN), pede que artistas que “fizeram fama na Coreia” não voltem ao país, por usarem de sua influência para “distorcer a visão do público chinês e internacional sobre a história da Coreia”.

Além dos artistas da petição, internautas sul-coreanos usaram uma rede social, nesta semana, para criticar outros artistas chineses que compartilharam a publicação. Dentre eles, os nomes mais citados foram Wang Yibo, Xiao Zhan e Deng Lun. Yibo, que faz parte do UNIQ, começou sua carreira com atividades na Coreia do Sul e na China. Xiao Zhan, que fez par romântico com Yibo em “The Untamed”, não trabalhou na Coreia mas tem conquistado muita popularidade no país devido ao drama. O ator Deng Lun também nunca promoveu na Coreia mas também tem desfrutado de popularidade no país devido a sua participação no drama “Ashes of Love”. Os artistas foram criticados por internautas sul-coreanos, que mencionaram que iriam tratar dramas como “Ashes of Love” apenas como “uma bela lembrança” e que deixariam de apoiar os astros.

As desavenças entre internautas chineses e sul-coreanos já levaram a rumores de que produtos do BTS estariam sendo boicotados na China. A informação foi negada pelo Embaixador da Coreia do Sul na China.