Jay Park se desculpa por música em que se compara a Alá


  • 28/05/2021 - 14:22
  • Compartilhe:

Jay Park foi criticado por ofender a religião muçulmana

O rapper Jay Park usou o Twitter na última quinta-feira (27) para fazer um pedido de desculpas por uma música com uma letra pra lá de polêmica. Lançada no ano passado, a música “Mukkbang (Remix)” traz versos em que Jay se compara ao Deus do islamismo, Alá.

“Mukkbang (Remix)” é uma faixa dos rappers GOLDBUUDA e Lil Cherry, lançada em parceria com Jay Park, Bibi e Dumbfoundead. No trecho de Jay Park, o rapper se descreve como “um jovem Deus” e pede para ser “adorado como Alá”.

Recentemente, a letra chamou a atenção de pessoas que praticam o islamismo, que apontaram como a comparação é desrespeitosa com sua crença. Diante das críticas, Jay Park tentou se defender no Twitter e acabou gerando mais críticas por seu posicionamento.

“A letra não era para ser ofensiva ou desrespeitosa. Para quem interpretou dessa forma, eu me desculpo. Para quem está falando bobagens como ‘ele está desrespeitando uma religião’ ou ‘sendo racista’, parem com essa narrativa falsa de m*rda. Para mim, são apenas letras. Para outras pessoas, é algo mais sério. Simples assim”, escreveu Jay no Twitter, em publicação que já foi removida do microblog.

Em outras publicações, que também já foram apagadas, Jay continuou a rebater as críticas. “Eu não sabia, então é minha culpa. Agora vou voltar a impactar a vida das pessoas de uma forma positiva. Espero que vocês façam o mesmo”, disparou. Depois, o artista respondeu fãs que disseram ter se sentido ofendidos com a letra. “Claro que se eu te fiz sentir mal, eu irei pedir desculpas do fundo do meu coração. Eu definitivamente entendo de onde você vem. Eu terei mais atenção da próxima vez. Amo todos os meus fãs verdadeiramente muçulmanos e espero que isso não faça com que vocês me vejam de um jeito diferente. Para aqueles que querem odiar, deixe que odeiem”, tuitou Jay.

Após remover as publicações anteriores, Jay divulgou um novo pedido de desculpas, dessa vez dizendo que se desculpa “humildemente”.

“Em uma música chamada “Muk Bang” remix, eu usei a frase ‘me adore como Alá’, que fez com que várias pessoas se ofendessem. De início, eu não vi problema nisso, mas enquanto lia os comentários (não aqueles cheios de ódio, mas aqueles que realmente queriam ensinar o porquê disso ter sido ofensivo), eu percebi que usei uma palavra pela qual muitas pessoas estão dispostas a morrer. Não estou no lugar de usar algo que significa tanto para as pessoas muçulmanas de forma tão descuidada em uma letra de rap. A intenção nunca foi desrespeitar ou ofender alguém e terei mais atenção a partir de agora. Eu amo e respeito a todos de todas as diferentes culturas, etnias e religiões. Paz e amor”, escreveu Jay.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático