Justiça coreana determina tempo de prisão de Jung Joonyoung e Choi Jonghun


  • 24/09/2020 - 15:49
  • Compartilhe:

O Tribunal Supremo da Coreia do Sul deu a sentença definitiva sobre os recursos apresentados pelo cantor Jung Joonyoung e pelo guitarrista Choi Jonghun. Os dois foram condenados no ano passado por estupro coletivo. As informações foram divulgadas pela imprensa corena, nesta quinta-feira (24).

Em novembro do ano passado, Jung Jooyoung foi condenado a seis anos de cadeia, enquanto Choi Jonghun recebeu cinco anos de pena. Após a sentença, os advogados de ambos entraram com recursos de redução da pena.

Em maio deste ano, o Tribunal Superior de Seul determinou que a pena de Joonyoung fosse reduzida de seis para cinco anos, enquanto Jonghun teve seu tempo de prisão reduzido para dois anos e meio. Mais uma vez, a defesa dos dois entrou com um novo recurso de redução da pena, que foi negado no último dia 12.

Ficou portanto definido que Jung Jooyoung fique cinco anos na cadeia, enquanto Choi Jonghun ficará preso por dois anos e seis meses. Em resposta ao recurso, o Tribunal afirmou que não “houve equívoco da jurisprudência” na determinação das penas.

Jonghun fazia parte do FTISLAND e Joonyoung atuava em carreira solo e fazia parte da banda Drug Restaurant. Após as denúncias de estupro serem divulgadas, os dois anunciaram que iriam se aposentar da carreira artística. As acusações de que Jonghun e Jooyoung estariam envolvidos no estupro de duas mulheres vieram à tona no ano passado. Eles foram acusados de filmar e divulgar imagens do ato, em que as vítimas estavam sob efeito de álcool. Jooyoung chegou a afirmar que o ato foi consensual mas admitiu ter filmado e divulgado as imagens. Jonghun negou as acusações.