Kim Jong-un diz que k-pop é um “câncer vicioso”


  • 14/06/2021 - 15:19
  • Compartilhe:

Kim Jong-un implementou rígidas punições para norte-coreanos que interagirem com o entretenimento da Coreia do Sul

O líder norte-coreano Kim Jong-un descreveu o k-pop como um “câncer vicioso” que está “corrompendo a juventude da Coreia do Norte”. As informações são do The New York Times da última semana.

Segundo a reportagem, Kim Jong-un teria dito que o k-pop está corrompendo “as roupas, os penteados, as falas e os comportamentos” dos jovens norte-coreanos. A mídia estatal da Coreia do Norte teria advertido que se esse “câncer” não for controlado, o país poderá “desmoronar”.

A recente declaração engrossa a lista de comentários em que o líder norte-coreano se mostra contra a influência externa de produtos culturais da Coreia do Sul no lado Norte da península.

“Os jovens norte-coreanos acham que não devem nada a Kim Jong-un”, disse para o The New York Times Jung Gwang-il, um desertor da Coreia do Norte, que dirige uma rede de contrabando de material de k-pop para o país. “Ele (Kim Jong-un) precisa reafirmar seu controle ideológico sobre os jovens se não quiser perder a base para o futuro do governo de sua família”.

Segundo o Consequence of Sound, materiais relacionados ao entretenimento sul-coreano, que são proibidos pelas leis da Coreia do Norte, estariam chegando ao país em pendrives vindos da China. Uma pesquisa da Universidade Nacional de Seul indicou recentemente que os norte-coreanos confessaram assistir “frequentemente” dramas sul-coreanos. Um dos favoritos citados foi justamente “Crash Landing on You” (“Pousando no Amor”), que narra o romance entre uma sul-coreana e um soldado norte-coreano, interpretados por Son Ye Jin e Hyun Bin.

O Consequence of Sound divulgou também que Kim Jong-un endureceu as penalidades para quem for flagrado tendo contato com a cultura sul-coreana, que pode até mesmo ser sentenciado a pena de morte.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático