Kim Jung Hyun anuncia fim de contrato e troca farpas com agência


  • 12/05/2021 - 13:52
  • Compartilhe:

Kim Jung Hyun diz que sua antiga empresa divulgou informações falsas

O ator Kim Jung Hyun anunciou que não faz mais parte do elenco da agência Q& Entertainment. O ator divulgou um comunicado nesta quarta-feira (12) falando sobre o fim de seu contrato e sobre suas desavenças com a empresa.

A polêmica envolvendo Kim Jung Hyun começou quando seu comportamento durante a coletiva de imprensa do drama “Time”, em 2018, voltou a ser destaque na imprensa coreana. Criticado por seu comportamento rude na época, recentemente o portal Dispatch divulgou que Kim Jung Hyun teria destratado sua colega de elenco em “Time”, a atriz e cantora Seohyun, a pedido de sua então namorada, a atriz Seo Ye Ji, que teria tido um comportamento “controlador”.

Em resposta, a empresa de Seo Ye Ji negou que a atriz fosse a responsável pelas atitudes de seu ex-namorado. O caso veio à tona após ser divulgado que Kim Hyun Jun poderia estar em um relacionamento com atriz Seo Ji Hye, com quem ele contracenou no drama “Crash Landing On You” (“Pousando no Amor”). Os dois negaram o romance, mas a imprensa coreana noticiou que Jung Hyun estaria deixando sua empresa, a O& Entertainment, para assinar com a agência de Seo Ji Hye, a Culture Depot.

Em um novo comunicado, Kim Jung Hyun confirmou que deixou a O& Entertainment e atacou a empresa, dizendo que ela divulgou informações falsas sobre o que motivou sua saída do drama “Time”. Enquanto o ator reforça que deixou o elenco, em 2018, por problemas de saúde, recentemente a O& Entertainment se manifestou alegando que o ator se afastou do drama após ser criticado por seu comportamento rude com seus colegas de elenco.

No texto, o ator e seus representantes legais afirmam que ele estava com problemas de saúde na época do drama e que a O& Entertainment não cumpriu suas obrigações como empresa, ajudando a “manchar sua reputação” perante a mídia. Fontes ligadas ao ator afirmaram que ele teria sido diagnosticado com ansiedade, síndrome do pânico, insônia e depressão e que ele não se manifestou antes sobre as acusações pois “se sentia culpado por não ter conseguido cumprir suas obrigações como ator”.

Em resposta, a O& Entertainment disse que não recebeu qualquer informação do ator sobre seus problemas de saúde na época. “Se ele tivesse algo sério, ele não teria sido escalado para ‘Time'”, afirmou a empresa.

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático