Lai Kuanlin, ex-Wanna One, vence processo contra a Cube Entertainment


  • 18/06/2021 - 15:11
  • Compartilhe:

Contrato de gravadora com Lai Kuanlin foi considerado como inválido

O cantor Lai Kuanlin, ex-integrante do grupo Wanna One, venceu o processo contra a gravadora Cube Entertainment. O julgamento do caso aconteceu na última quinta-feira (17), no Tribunal do Distrito Central de Seul.

Kuanlin entrou com um processo para que seu contrato com a Cube Entertainment fosse encerrado em julho de 2019. Na época, o artista alegou que a gravadora teria violado termos do acordo. Meses depois, o processo foi indeferido pelo Tribunal de Seul, e o cantor entrou com um recurso em maio de 2020, que foi mais uma vez rejeitado pela Justiça sul-coreana.

Depois, os advogados de Lai Kuanlin entraram com um novo processo, alegando que o contrato de exclusividade do artista com a Cube Entertainment não possuía validade legal. Quatro audiências foram realizadas sobre este novo processo e o veredito foi definido nesta semana.

Desta vez, o Tribunal de Seul determinou que o contrato da Cube com o cantor não possui validade e acrescentou que a gravadora deverá ser a responsável por arcar com as custas do processo.

Lai Kuanlin participou da competição musical “Produce 101 Season 2” em 2017, como trainee da Cube Entertainment, e fez parte do Wanna One, junto com os outros finalistas do programa. Desde o fim do grupo, o cantor tem se dedicado à carreira de ator na China.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático