Mais artistas do k-pop se manifestam sobre acusações de violência escolar


  • 23/02/2021 - 15:13
  • Compartilhe:

Artistas do k-pop se tornaram alvo de denúncias de bullying

Mais artistas do k-pop precisaram se manifestar após se tornarem alvo de acusações de que teriam praticado bullying durante o período escolar. HyunA, Hyunjin (Stray Kids) e Sunwoo (The Boyz) estão entre os nomes que foram envolvidos na polêmica.

Nos últimos dias, a Coreia tem vivenciado um movimento de denúncias contra a violência escolar. Várias celebridades foram acusadas por internautas de terem praticado bullying durante o período escolar. Na Coreia, o bullying é uma questão recorrente entre os estudantes do país. O tema ganhou destaque na mídia desde a semana passada, quando as irmãs e atletas Lee Jaeyeong e Lee Dayeong foram expulsas do time nacional de vôlei, após terem sido acusadas de praticar bullying contra colegas na época em que estudavam. Desde então, sul-coreanos têm usado fóruns online para publicar relatos de bullying, supostamente praticados por celebridades. Nos textos, os internautas se dizem “encorajados” a falar sobre assunto graças às recentes denúncias contra artistas do país.

Sunwoo, do The Boyz, foi um dos artistas acusados. Uma postagem, feita na última segunda-feira (22), fez graves acusações contra o cantor, alegando que Sunwoo teria sido violento contra colegas na escola e abusado sexualmente de uma garota. Em resposta, a gravadora do The Boyz, a Cre.ker Entertainment, afirmou que o texto não passa de uma denúncia “sem fundamento” e que tomará medidas legais contra rumores sobre seus artistas.

Quem também foi acusado foi Hyunjin, do Stray Kids. Um internauta relatou ter sido alvo de agressões verbais do artista durante o período escolar. Sobre o assunto, a JYP Entertainment informou que apurou as denúncias diretamente com ex-colegas de Hyunjin e se mostrou disposta a conversar com o internauta que fez a publicação. Segundo a gravadora, muitos colegas apontaram fatos inverídicos no relato. A empresa informou que fará uma investigação “detalhada” para apurar a verdade sobre o caso e que tomará medidas legais contra as “informações falsas”.

O ator Jo Byeong Gyu também foi alvo de denúncias, que relataram que o artista teria sido violento contra colegas quando estudava na Nova Zelândia. O ator usou o Instagram para negar que tenha praticado violência escolar.

Aisha, do Everglow, também foi acusada de ser violenta contra uma colega. A Yuehua Entertainment, empresa do grupo, negou e disse que Aisha “sequer conhece a pessoa que escreveu a publicação”.

Chuu, do LOONA, foi acusada por uma internauta, que admitiu, posteriormente, ter “exagerado” nos comentários sobre a artista. Depois da empresa BlockBerry Creative ter divulgado um comunicado desmentindo as acusações e afirmando que tomaria medidas legais, a internauta pediu desculpas a Chuu, ao LOONA e aos fãs do grupo.

Kihyun, do Monsta X, viu ressurgir uma série de acusações contra ele, que já tinham circulado em comunidades virtuais sul-coreanas em 2015. Segundo a Starship Entertainment, gravadora do grupo, na época da primeira postagem, o autor da publicação admitiu ter acusado Kihyun injustamente e se comprometeu, por escrito, a não difamar o artista novamente. Dessa vez, a gravadora informou que precisará tomar medidas legais contra os rumores.

E nem mesmo a diva HyunA ficou de fora das acusações de que teria praticado violência escolar. Em resposta, a gravadora P Nation garantiu que a cantora “nunca usou de violência ou ofendeu qualquer pessoa” e que tem sido alvo de diversos rumores sobre sua vida privada, pois começou sua carreira artística muito cedo.

O recente movimento de denúncias contra as celebridades coreanas está relacionado também a uma mudança no portal Naver, um dos principais sites de buscas do país. A partir do próximo dia 25, o Naver não exibirá mais a lista de termos mais buscados em sua plataforma. Similar aos “trending topics” do Twitter, o recurso permite que os internautas se mantenham “atualizados” sobre o que está sendo mais comentado no momento. Os internautas estariam “aproveitando” os últimos dias da ferramenta para dar “visibilidade” ao assunto.

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático