Mulheres falam sobre suas experiências com Kris Wu; cantor nega acusações de estupro


  • 21/07/2021 - 14:32
  • Compartilhe:

Acusações contra Kris Wu começaram após denúncia de universitária

O cantor Kris Wu, ex-integrante do grupo EXO, divulgou na última terça-feira (20) informações e documentos para negar as acusações de que teria estuprado a universitária Du Meizhu. Ao mesmo tempo, supostas ex-namoradas do cantor se manifestaram nas redes sociais e trouxeram relatos sobre suas experiências com o cantor.

A polêmica envolvendo Kris Wu começou quando Du Meizhu deu uma entrevista a um portal chinês relatando ter sido vítima de abuso sexual após ter sido forçada a ingerir álcool em uma festa de Kris. Pelas redes sociais, a universitária exigiu um pedido de desculpas do cantor e ameaçou revelar outras vítimas caso o artista não abandone sua carreira. O caso gerou revolta entre internautas chineses e resultou no fim de contratos publicitários de Kris com grandes marcas.

Em resposta, a empresa de Kris Wu, o Kris Wu Studio, divulgou uma longa publicação negando as acusações de Dhu Meizhu. Segundo os representantes do artista, Kris e a jovem apenas se encontraram pessoalmente uma vez, no dia 5 de dezembro de 2020. “Nesse dia, não houve ninguém tentando forçar Du Meizhu a se embriagar. As outras seis pessoas que estavam presentes poderão testemunhar para a justiça e para a polícia”, escreveu o Kris Wu Studio.

A empresa também divulgou registros de conversas entre Kris e Meizhu no WeChat, principal aplicativo de mensagens instantâneas da China. Segundo o Kris Wu Studio, os dois teriam conversado pela última vez no dia 31 de maio de 2021, o que supostamente contradiz as informações divulgadas por uma amiga de Meizhu, que disse que o cantor parou de responder a jovem em abril.

Nos relatos de Du Meizhi, ela disse que chegou a receber depósitos feitos pelos representantes de Kris para que ela desistisse de tornar o assédio público, mas que iria devolver o dinheiro. Em sua defesa, a empresa de Kris disse que negociou os valores para que a universitária “não publicasse mais conteúdos relacionados a Kris”. Segundo a agência, a mãe de Kris também teria usado sua conta bancária e a conta de seu filho para fazer depósitos para Meizhu, pois ela “não conseguia mais aguentar o assédio e as ameaças feitas pelas informações falsas de Du Meizhu”.

Após a divulgação das informações, internautas chineses questionaram a veracidade das imagens divulgadas pela empresa de Kris. Alguns comentários alegavam que as imagens pareciam editadas. Em resposta, o estúdio de Kris se manifestou mais uma vez, divulgando novos registros de conversas com Meizhu.

Ao mesmo tempo em que os representantes de Kris Wu negam as acusações, outras mulheres, que supostamente já teriam se relacionado com o cantor, divulgaram relatos sobre suas experiências com ele. Dentre os comentários, estão publicações das cantoras Zhang Dansan (ex-SNH48) e Lin Xiya (ex-Rania).

Zhang Dansan compartilhou registros de supostas conversas entre ela e Kris. Nas mensagens, o cantor demonstrava interesse em se envolver com a cantora, dizendo que “gosta de garotas bem comportadas e limpas”. Em outra mensagem, ele teria perguntado se a cantora era virgem. A universitária Wei Yuxin, a ex-SNH48 Yu Jiayi e a influenciadora digital Xiao Lü Classmate também se manifestaram compartilhando informações sobre supostas abordagens de Kris.

A repercussão das acusações continuam a afetar a carreira de Kris. Até o momento, 11 marcas já cancelaram seus contratos com o artista, incluindo a Tencent Entertainment, uma das principais empresas do entretenimento chinês. A Louis Vuitton, da qual o cantor era um dos embaixadores globais, afirmou que suspenderá a parceria com Kris “até que sejam divulgados os resultados da investigação judicial”.

Clique para ler essa e outras entrevistas exclusivas

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático