Park Kyung, do Block B, é multado após fazer comentário sobre manipulação na indústria da música


  • 18/09/2020 - 15:38
  • Compartilhe:

O cantor Park Kyung, do grupo Block B, recebeu uma multa após ser processado por difamação. O caso aconteceu após o cantor fazer uma publicação em uma rede social, denunciando supostas fraudes na indústria da música coreana.

Em novembro de 2019, Park Kyung tuitou: “eu quero fazer sajaegi como Vibe, como Song Ha Ye, como Lim Jae Hyun, como Jeon Sang Keun, como Jang Deok Cheol e como Hwang In Wook”. Sajaegi é um termo em coreano que se refere à manipulação da venda de produtos musicais, quando a própria empresa de um artista compra um número expressivo de seus álbuns ou de suas músicas, para melhorar seu desempenho nas paradas. A discussão sobre artistas que teriam ou não adotado o sajaegi para aumentar suas vendas é um tema recorrente na indústria do k-pop.

Após o tuíte de Kyung, que já foi apagado, todos os artistas mencionados por ele negaram as acusações e disseram que tomariam medidas legais contra o integrante do Block B. Kyung, por sua vez, continuou a se manifestar contra a prática do sajaegi e criticar os artistas. A situação culminou em um processo judicial e o alistamento de Park Kyung no serviço militar obrigatório foi adiado para que ele pudesse colaborar com a investigação.

O veredito da Justiça sul-coreana foi divulgado, na última quinta-feira (17), e ficou determinado que Park Kyung pagasse uma multa de 5 milhões de won (cerca de R$22 mil) por difamação. A multa como penalidade é aplicada em casos em que o Tribunal de Justiça sul-coreano determina as sentenças de casos considerados de menor gravidade. Park Kyung não se manifestou sobre o caso.