Produção do drama “Mr. Queen” pede desculpas e remove cena após críticas


  • 16/12/2020 - 15:19
  • Compartilhe:

O drama “Mr. Queen” recebeu críticas por “tirar sarro” da história da Coreia

A produção responsável pelo drama “Mr. Queen” divulgou um comunicado, na última terça-feira (15), com comentários sobre as críticas que a série recebeu de internautas coreanos. “Mr. Queen” é o novo drama da emissora tvN e é uma comédia de época, que conta a história de um homem moderno que vai parar na Dinastia Joseon no corpo de uma rainha.

“Mr. Queen” é uma adaptação do romance chinês “Go Princess Go”, de Xian Chen, que também ganhou uma versão em drama chinês de mesmo nome. Uma das críticas dos internautas coreanos foi a escolha da adaptação. A autora Xian Chen, segundo os comentários, teria feito críticas à Coreia em outro trabalho. Sobre o assunto, a produção de “Mr. Queen” afirmou que comprou os direitos apenas da adaptação do drama chinês e que, quando o contrato foi feito, “não estavam cientes de que autora teria feito comentários negativos sobre a Coreia em outro de seus trabalhos”. “Pedimos desculpas sinceras aos telespectadores por não perceber isso antes. Planejamos fazer uma boa produção para que vocês não se sintam desconfortáveis enquanto assistem o drama e o vejam como um trabalho diferente da obra original”, disseram os responsáveis por “Mr. Queen”.

A produção da série também comentou as piadas feitas no drama sobre elementos históricos da Coreia. No segundo episódio de “Mr. Queen”, um dos personagens se referem aos tradicionais anais da Dinastia Joseon como “jirashi”. “Jirashi” é um termo usado para falar sobre algo como tablóides de fofocas, enquanto os anais da Dinastia Joseon são considerados um dos tesouros nacionais da Coreia e são reconhecidos pela UNESCO, com quase dois mil volumes. Sobre a piada, a produção se desculpou e afirmou que “reconhece seriamente que o comentário sobre os anais da Dinastia Joseon foi inadequado”.

Segundo o comunicado, a cena será deletada e a produção reafirmou que não houve nenhuma intenção de “deturpar personagens e momentos históricos”. Os produtores ainda explicaram que “Mr. Queen” é uma obra de humor, que mistura fatos históricos com fantasia, para mostrar de forma divertida como seria se uma figura moderna se transportasse para o passado.

“Pedimos desculpas mais uma vez por causar desconforto, o que é o oposto de nossa intenção de fazer as pessoas se divertirem de uma forma saudável. Iremos prestar atenção na produção e fazer o nosso melhor para criar um bom drama”, finaliza o comunicado.