Red Velvet cancela participação em evento e estilista volta a comentar desentendimento com Irene


  • 23/10/2020 - 14:18
  • Compartilhe:

Após a polêmica entre Irene, do Red Velvet, e uma estilista, o grupo optou por cancelar sua participação em um evento. O festival virtual “2020 K-Culture Festival” informou, nesta sexta-feira (23), que o Red Velvet não participará do evento conforme planejado.

Pelo Instagram, a organização do evento informou que “a fanmeeting virtual do grupo Red Velvet, agendada para o dia 24 de outubro, foi cancelada por um imprevisto por parte do artista”. O evento, organizado pelo Ministério da Cultura, dos Esportes e do Turismo da Coreia do Sul está sendo transmitido pelo YouTube desde o dia 10 e vai até o dia 29 de novembro. Segundo o portal Herald Pop, a iniciativa de não participar do evento partiu do Red Velvet, que comunicou sua decisão aos organizadores.

A polêmica em torno do grupo começou quando uma estilista publicou um relato no Instagram, descrevendo como foi destratada por uma artista. Mais tarde, Irene admitiu que havia tido um comportamento grosseiro com a profissional e divulgou um pedido oficial de desculpas. A gravadora SM Entertainment também se manifestou e se desculpou pelo ocorrido.

Nesta sexta-feira, a estilista voltou a se manifestar sobre o assunto. No Instagram, ela falou sobre o pedido de desculpas que recebeu de Irene e dos funcionários da SM Entertainment. No texto, ela se referiu a Irene como “C” e falou da gravadora como “empresa B”.

A estilista afirmou que, quando fez a postagem com seu relato, não “tomou nenhuma ação pois precisava tomar decisões racionais e sábias” para se preparar para essa situação. Na postagem original, ela não menciona o nome de Irene, mas usou hashtags com nomes de músicas do Red Velvet, o que logo levou ao nome da cantora. “Minha principal motivação (ao fazer a postagem) foi que eu não queria criar um mal-entendido maior e não queria colocar fogo em especulações”, escreveu. Na nova postagem, ela explica detalhes sobre sua relação com o Red Velvet e a SM Entertainment e afirma que não recebeu nenhum valor em dinheiro da empresa como forma de acordo.

“Agi dessa forma para me proteger de difamação e também para recuperar minha dignidade, pois cumpri meu trabalho de forma profissional, e também por todos os colegas que já passaram pela mesma situação que eu”, escreveu.

Após a repercussão do caso, outros profissionais que já trabalharam com o Red Velvet ou já tiveram contato com Irene se manifestaram, com opiniões diversas sobre a cantora. Enquanto alguns descreveram a artista como grosseira, outros defenderam a cantora e relataram ter tido uma boa convivência com Irene e chegaram a fazer elogios sobre seu comportamento.