Seungri é indiciado por crime de violência


  • 14/01/2021 - 15:37
  • Compartilhe:

Essa é a nona vez que Seungri é indiciado

O ex-cantor Seungri foi indiciado por mais um crime. A informação foi divulgada nesta quinta-feira (14) pela imprensa coreana.

Seungri foi indiciado por crime de violência juntamente com o ex-diretor executivo da empresa Yuri Holdings, Yoo In Suk, parceiro de negócios de Seungri que também foi relacionado ao chamado “escândalo da boate Burning Sun”.

A nova acusação de Seungri foi anunciada durante sua sétima audiência no tribunal militar geral do Comando de Operações Terrestres em Yongin. De acordo com a promotoria militar, que está responsável pelas acusações, Seungri estava bebendo com alguns conhecidos em um bar de Gangnam, em Seul, no dia 30 de dezembro de 2015, quando começou a discutir com um outro cliente do local, que havia aberto a porta da sala em que o ex-artista estava. A discussão teria posteriormente envolvido um outro cliente. Segundo a acusação, o ex-integrante do BIGBANG teria informado sobre a confusão para Yoo In Suk, que teria acionado um líder de uma “gangue”, que ameaçou os homens e cometeu as agressões.

“O réu Lee Seung Hyun (nome real de Seungri) conspirou com Yoo In Suk e ameaçou as vítimas por meio de uso da força. Portanto, ele foi indiciado como principal responsável por instigar a agressão”, disse a promotoria.

O advogado do ex-cantor negou a acusação.

Aposentado do entretenimento, Seungri já foi indiciado nove vezes. Desde a polêmica da boate Burning Sun veio à tona e expôs o envolvimento de artistas como Seungri e empresários como Yoo In Suk em diversos crimes, o ex-integrante do BIGBANG está sendo investigado por compra de serviços de prostituição, mediação de prostituição, fraude, violação de crimes econômicos, violação de leis sanitárias, envolvimento em jogos de azar, violação de transações de câmbio e violação de leis de crimes sexuais. Seungri nega a maioria das acusações. Em março do ano passado, ele se alistou no serviço militar obrigatório após seu mandado de prisão ter sido negado.

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático