Woojin, ex-integrante do Stray Kids, é acusado de abuso sexual


  • 08/09/2020 - 13:34
  • Compartilhe:

O cantor Woojin, ex-integrante do grupo Stray Kids, foi acusado de ter cometido abuso sexual, por usuárias do Twitter, nesta terça-feira (8). As postagens foram feitas de forma anônima.

As duas contas no Twitter relataram uma história similar, de que teriam sido abordadas por Woojin em um bar. Elas contaram que Woojin usou o nome do Stray Kids para abordá-las e se apresentou com uma pessoa famosa. Ainda que não tenham se identificado, as usuárias descreveram detalhes sobre o assédio e disseram que nenhuma medida foi tomada pois elas são estrangeiras na Coreia, o que segundo elas, dificultaria uma denúncia formal.

Nas postagens, elas também relataram saber de outros casos de assédio do cantor. Após as publicações, uma das usuárias teve sua conta apagada. Até o fechamento desta matéria, a segunda conta permanece ativa.

Após a repercussão dos tuítes, Woojin se manifestou no microblog e negou as acusações. Ele disse que não conhece as pessoas que fizeram as acusações, ainda que elas não tenham se identificado. Woojin também afirmou que não frequenta os locais mencionados e disse que a situação é “absurda”.

Woojin saiu do Stray Kids em outubro de 2019. Na época, a JYP Entertainment também encerrou o contrato com o artista e disse que sua saída tinha motivações “pessoais”. Após sua saída do grupo, os integrantes remanescentes do grupo relataram ter se decepcionado com o ex-colega.