Zheng Shuang é criticada após polêmica com barriga de aluguel; entenda


  • 19/01/2021 - 17:41
  • Compartilhe:

Zheng Shuang teria sugerido aborto e abandono de crianças

A atriz chinesa Zheng Shuang está no centro de uma grande polêmica. A artista está sendo acusada de abandonar duas crianças. O assunto veio à tona na última segunda-feira (18) na imprensa chinesa.

A polêmica teve início em dezembro de 2019, quando a atriz Zheng Shuang e seu ex-companheiro e ex-empresário Zhang Heng se separaram. A separação foi conturbada e os dois entraram em disputas por questões financeiras. Nesta segunda-feira (18), os dois voltaram aos holofotes quando Zhang Heng divulgou uma imagem no Weibo em que aparece com duas crianças. Na publicação, ele diz que está vivendo nos Estados Unidos “para proteger duas vidas inocentes”.

O caso seguiu quando foram divulgadas imagens registradas do WeChat de Zhang Heng. O WeChat é um aplicativo de mensagens instantâneas, similar ao WhatsApp, muito popular na China. Nas imagens, Heng diz que os dois bebês são seus filhos. Em seguida, foram divulgadas imagens das certidões de nascimento das crianças, que mostram que elas foram registradas como filhos de Zhang Heng e de Zheng Shuang. Uma das crianças é um menino e nasceu no dia 19 de dezembro de 2019 no estado norte-americano de Colorado, enquanto a outra é uma menina, que nasceu no dia 4 de janeiro de 2020 no estado de Nevada.

Os dois bebês, que possuem alguns dias de diferença e nasceram em estados diferentes, registrados como filhos de Zhang Heng e Zheng Shuang, logo geraram especulações de que as crianças foram geradas por meio de barrigas de aluguel.

As imagens divulgadas mostram Zhang Heng alegando que estaria nos Estados Unidos, sem possibilidade de retornar para a China, pois a atriz não teria colaborado na emissão dos documentos de viagem das crianças. Em meio a polêmica, a situação se agravou quando começaram a circular no Weibo supostas conversas em que a atriz e seus pais tentam convencer o pai de Zhang Heng de que as crianças deveriam ser colocadas para adoção. Nas conversas, os pais da atriz sugerem que, como o aborto já não seria mais possível, devido às leis norte-americanas, a melhor opção “seria abandonar as crianças”, já que Zhang Heng e Zheng Shuang se separaram e “não poderiam criá-las”.

Em resposta, Zheng Shuang, não explicou o assunto mas disse que “não violou leis em solo chinês”, onde a barriga de aluguel é proibida, e que também “respeitou as leis e regulamentos” no exterior. Devido ao escândalo, a marca Prada encerrou seu contrato com a atriz, que foi recentemente anunciada como embaixadora da marca na China.

Zheng Shuang é conhecida por papéis em dramas como “Meteor Shower” e “Love O2O”.

Acesse nosso canal no Telegram e receba atualizações sobre o mundo do entretenimento asiático